zona franca

Desafios à frente

  • Postada em: 21/03/2017
  • Autor: Eustáquio Libório

Garantir recursos para dar conta do desenvolvimento regional na área de atuação da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) é o objetivo da MP 757/2016, que está em avaliação por uma comissão mista do Congresso Nacional e, nesta terça-feira, 21, tem sua primeira audiência pública programada para acontecer em Brasília, com a presença de representantes da indústria e comércio do Amazonas, assim como da própria Suframa.

Comissão debate ampliação de recursos para Suframa

  • Postada em: 17/03/2017
  • Autor: Eustáquio Libório

A superintendente da Zona Franca de Manaus, Rebecca Garcia, se mostrou otimista com o debate realizado nesta quinta-feira, 16, no Senado Federal, acerca da aprovação da MP 757, que criou a TCIF e a TS em substituição à TAS, e que definiu o calendário das atividades da comissão mista que trata do tema no Congresso Nacional.

A economia vai bem, já a política

  • Postada em: 14/03/2017
  • Autor: Eustáquio Libório

Na semana passada, foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), assim como pela Fundação Getulio Vargas (FGV), indicadores importantes que dão a medida de como está se comportando a economia neste exercício. De outro lado, como a economia não pode estar desconectada da política, decisões no âmbito do Judiciário colocam incertezas que têm o potencial de atingir a rota da economia.

Produção cai, mas emprego melhora na zona franca

  • Postada em: 11/10/2016
  • Autor: Eustáquio Libório

Os números relativos ao mês de agosto deste ano referentes à produção industrial do Brasil compilados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e que abrangem 14 regiões, ainda trazem más notícias para a maioria desses locais, uma vez que somente três apresentaram resultados positivos no mês de referência.

Soluções novas para problemas antigos

  • Postada em: 21/09/2016
  • Autor: Eustáquio Libório

Em meados dos anos 1994, quando publicou “Manáos-do-Amazonas”, Samuel Benchimol já chamava a atenção para os novos (velhos) problemas que administradores públicos de Manaus e do Estado do Amazonas deveriam enfrentar e cujas raízes, dizia o estudioso, decorreram da mudança de paradigmas entre os modos de produção e divisão do trabalho ocorridos até então, quando a Zona Franca de Manaus (ZFM), ao oferecer oportunidades de trabalho e benefícios, se tornou polo de atração do homem do interior, não só do Amazonas, assim como dos demais Estados e não apenas da Amazônia.

Varejo e indústria começam a reagir

  • Postada em: 23/08/2016
  • Autor: Eustáquio Libório

Terminada a Olimpíada Rio 2016, quando o Brasil conseguiu, finalmente, obter a simpatia de atletas e até de dirigentes olímpicos, os quais, antes, estavam com o pé atrás sem acreditar na capacidade de o país realizar os jogos de forma segura, onde as críticas também abrangiam a área de saúde, dado o potencial de contrair o zika vírus e outras doenças tropicais, sem falar na poluição nas águas da baía da Guanabara.

Infraestrutura para negócios no Distrito Industrial

  • Postada em: 13/07/2016
  • Autor: Eustáquio Libório

Em tempos de crise, notícias boas sempre são bem-vindas, principalmente quando oferecem instrumentos para melhorar o ambiente de negócios, a assepsia na administração pública e também dar mais qualidade de vida para a população, isso tudo sem aumentar impostos.

ZONA FRANCA Perda de faturamento e alternativas para sair da crise

  • Postada em: 23/02/2016
  • Autor: Eustáquio Libório

Três segmentos do Polo Industrial de Manaus (PIM) são responsáveis por mais de 60% do faturamento da indústria incentivada, os eletroeletrônicos, bens de informática, que na maioria dos fatores analisados pelos Indicadores de Desempenho da Suframa são incluídos em eletroeletrônicos, e duas rodas. Isto significa dizer que, dos US$ 23,85 bilhões que o polo de Manaus faturou em 2015, cerca de US$ 14 bilhões se originaram da venda de produtos desses três setores.

Páginas