manaus

“Venezuelano, procuro trabalho...”

  • Postada em: 8/01/2019
  • Autor: Eustáquio Libório
Vias de Manaus mostram o drama de refugiados da Venezuela - Foto: Eustáquio Libório

“Venezuelano, procuro trabalho, diária ou uma ajuda” esse é o texto de um cartaz típico de cidadãos venezuelanos que perambulam pelas ruas de Manaus, sem eira nem beira, expulsos de seu país pelos desacertos das administrações bolivarianas que iniciaram com Hugo Chávez, lá por 2002, e perduram até hoje, com o recém-eleito para novo mandato, Nicolás Maduro.

Oportunistas natalinos e outras mazelas

  • Postada em: 24/12/2018
  • Autor: Eustáquio Libório

Neste ano, em que o país enfrentou dificuldades de toda envergadura e em setores os mais variados, o Natal chegou de forma antecipada para alguns segmentos da sociedade, embora tal fato não signifique surpresa maior, afinal, os privilegiados de sempre é que foram contemplados com as benesses cujo benfeitor não é o Papai Noel, mas, sim, o contribuinte brasileiro. Este, para fazer jus à sua sina, deveria ter feito “comemorações” na véspera do Natal, no Dia do Órfão.

Aquisição de insumos aumenta e investimento cai na ZFM

  • Postada em: 4/12/2018
  • Autor: Eustáquio Libório

Ao que parece, as medidas de contenção de gastos e reformatação da estrutura administrativa, anunciadas pelo presidente eleito e que devem ser aplicadas à administração pública federal, as quais incluem a fusão de ministérios e eliminação de alguns, fizeram, finalmente, a ficha cair para alguns setores da sociedade do Amazonas.

Falta de troco agora tem solução digital

  • Postada em: 28/11/2018
  • Autor: Eustáquio Libório
Feira do Polo Digital de Manaus - Foto: Juliana Alice

Desde a terça-feira, 27, a cidade é a capital digital da Amazônia com a realização, no Studio 5 Centro de Convenções, zona Sul, da 1ª Feira do Polo Digital de Manaus, que abrange expositores de tecnologias e produtos digitais, incluindo empresas, institutos de pesquisas, universidades e instituições como a Superintendência da Zona da Zona Franca de Manaus (Suframa). Uma das tecnologias apresentadas é o aplicativo Trocados, que dá solução à falta de troco em Manaus.

Jornada fotográfica sob escolta

  • Postada em: 21/08/2018
  • Autor: Eustáquio Libório
No centro histórico de Manaus, fotógrafos são acompanhados por viatura policial

 

Por volta de 2007, um grupo de fotógrafos profissionais, junto com amadores da fotografia, e também da cidade de Manaus, criou um movimento chamado a Escrita da Luz.  A ideia era juntar essas pessoas para fotografar sítios históricos e turísticos de Manaus com o objetivo de, a partir desse material, montar exposições fotográficas e divulgar a capital do Amazonas.

Violência e a caça aos aliens

  • Postada em: 19/06/2018
  • Autor: Eustáquio Libório

 

Quatro indicadores sobre a eficiência da segurança pública, relativos ao município de Manaus, consultados on line no site da secretaria estadual do Amazonas registram que crimes como homicídios, estupros e latrocínios estão em queda. O quarto indicador também é negativo, mas nesse caso, deveria ser positivo, pois é referente ao número armas apreendidas. Estas estatísticas, porém, não conseguem levar à população maior sensação de segurança, seja nas ruas de Manaus ou mesmo nas residências, como indicam fatos acontecidos de quinta-feira, 14, até o último domingo, 17.

Omissão e irresponsabilidade

  • Postada em: 5/06/2018
  • Autor: Eustáquio Libório
Revolta da população resultou na suspensão da greve de ônibus

A população de Manaus parece que se cansou de sofrer pagando passagens em ônibus velhos que não atendem a contento seus usuários e, nesta segunda-feira, quando o movimento paredista dos rodoviários completava uma semana em greve, usuários do transporte público coletivo urbano apelaram para a violência e depredaram, incendiaram e não faltou infiltrados, disfarçados de passageiros, que saquearam os coletivos danificados.

Opções erradas

  • Postada em: 29/05/2018
  • Autor: Eustáquio Libório

Um efeito sombra, se pode ser chamado assim, se abateu sobre Manaus na noite de quinta-feira e levou ao quase pânico proprietários de veículos durante toda a sexta-feira, 25 de maio, com boatos sobre quebra de estoque de combustíveis, principalmente de gasolina e etanol em toda a cidade. O resultado, alimentado pela mídia local, foi uma corrida aos postos de gasolina que culminou com cerca de 70% desses estabelecimentos distribuidores de combustíveis fechados, por volta das 14h, em virtude de estarem com seus reservatórios vazios.

Falta de combustível pode reduzir frota de coletivos na sexta

  • Postada em: 24/05/2018
  • Autor: Eustáquio Libório

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informa que, caso continue a greve dos caminhoneiros, a frota do transporte irá operar parcialmente na sexta-feira (25), e as empresas não terão como operar a partir de sábado (26), por conta da falta de combustível para abastecer os ônibus do transporte coletivo.

“Essa greve dos caminhoneiros reflete diretamente no transporte coletivo, pois as empresas mantêm um estoque de no máximo um dia para abastecer os ônibus. Caso a greve continue, amanhã (sexta) as empresas vão operar parcialmente e nos demais dias a população poderá ficar sem transporte, devido à falta de combustível”, explica o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges.

Ainda de acordo com o assessor jurídico, as empresas estão fazendo um levantamento no estoque de combustível e irão passar as informações para a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). Atualmente o transporte coletivo opera em 229 linhas, com 1.258 carros. 

Devido ao ato realizado em várias capitais brasileiras, empresas do transporte coletivo de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte já estão fazendo rodízio nas linhas de ônibus para não deixar os usuários sem transporte.

Páginas