Falsa baiana e o bloco do Bocal Queimado

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Depois do caso do tucumã, quando funcionários de fast food local foram insultados em março de 2014, durante o Carnaval  deste ano surgiu uma tal baiana em busca de fama nas redes sociais e resolveu falar mal de Manaus e de seu povo, mas pincipalmente, mostrar seu preconceito  contra o índio e a floresta. 

A moça, que se diz baiana, se auto-apiedou por morar no "meio do nada" , na floresta, em uma cidade que ela diz odiar: Manaus. 

Lambanças de campanha e a queda da popularidade

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Em 2012, durante a campanha eleitoral da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) à Prefeitura de Manaus, assisti a um comício que a presidente petista Dilma Rousseff veio fazer em Manaus em apoio à senadora que enfrentava o arqui-inimigo de Lula, Artur Neto (PSDB). O evento aconteceu às margens do igarapé do Passarinho, no bairro Monte das Oliveiras, zona Norte.

Tribunais do faz de conta

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Em 2014 a organização Transparência Brasil fez pesquisa sobre quem são os conselheiros dos tribunais de Contas da União, dos estados e alguns remanescentes de municípios, como os das capitais de São Paulo e Rio de Janeiro.

O estudo da Transparência Brasil, disponível em seu site, descobriu que são 26 os tribunais de contas estaduais e do Distrito Federal, mais o Tribunal de Contas da União, além de quatro TCs “dos municípios”, que existem na Bahia, Ceará, Goiás e Pará.

Indicador mostra crescimento de empregos na indústria da ZFM

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) divulgou, no último dia 6 de janeiro, os indicadores da indústria incentivada relativos ao mês de novembro de 2014 e a boa notícia é que o contingente de pessoas empregadas diretamente pelas empresas do polo industrial cresceu. A expansão foi pequena, 0,75%, no comparativo com o mesmo período do ano anterior, com acréscimo de 849 postos de trabalho aos existentes em dezembro de 2013, que eram 113.220.

Vai partir sem deixar saudades

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

O velhinho está quase morto e, em estado terminal, vai partir sem deixar saudade nenhuma na área econômica do Brasil, pois, quando chegou, já veio com o anúncio de que não trazia nada de bom nesse departamento. A seu favor, 2014 pode alegar que não tem culpa de nada de ruim que aconteceu com a economia do país.

Invasões e a mortandade dos periquitos

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

No último sábado, 20, quase um mês depois da morte de cerca de 200 periquitos, em 27 de novembro, na avenida Efigênio Sales, zona Centro-Sul, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) divulgou laudo com as conclusões das análises feitas por técnicos da Universidade Federal de Minas Gerais a partir das aves enviadas para exame naquela instituição, mas ali, a única conclusão possível é descartar que as aves tenham sido mortas por envenenamento proposital.

Cultura para empreender, mas sem infraestrutura

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Manaus, em que pese seu crescimento nos últimos anos, poderia estar bem melhor se as condições infraestruturais fossem mais apropriadas e, ao invés de atrapalhar o crescimento econômico do município, o incentivasse. Exemplo desse tipo de entrave à expansão da atividade econômica é a falta de conexão rodoviária de Manaus com as demais capitais do país, à exceção de Boa Vista/RR.

Incentivo à aviação derrapa na decolagem

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

O governo brasileiro até que tem a intenção de tentar colocar as viagens aéreas ao alcance de um contingente maior do que aquele que hoje utiliza esse tipo de transporte para se locomover pelos céus do Brasil. Anto é assim que desde dezembro de 2012 estava em gestação um pacote com o objetivo de, por meio de subsídios, reduzir os custos das companhias que operam rotas regionais e, assim, baixar o preço das passagens aéreas nesses voos.

Sofismas, falácias e chifres em cabeça de cavalo

  • Postada em: 25/02/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Na última quarta-feira, 19, o engenheiro elétrico e senador Eduardo Braga (PMDB) resolveu manter o palanque de campanha armado, mesmo após as eleições nas quais ele foi derrotado pelo governador José Melo (Pros). Para isso usou os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), pelos quais, afirma o senador, em outubro, o Amazonas teve a maior perda de empregos dos últimos 12 anos.

Páginas