Foi jantar e as balas da sobremesa o mataram

  • Postada em: 17/04/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Morena, cerca de 1,70 m de altura, seios fartos e pernas bem delineadas, de rosto agradável e simpática com as pessoas, aos 17 anos Maria conheceu Pedro Américo, de 18, lá no bairro Alvorada e começaram a namorar. 

Aos sábados, Américo sempre a levava para um lanche, à noite, na avenida Desembargador João Machado. Mas Américo já havia percebido que quase todas as vezes, quando ia buscar Maria para sair, tinha um engraçadinho, conhecido como Homi Cida, que tirava sarro com ele e Maria dizia para não ligar pra isso, manter a cabeça fria, cuidar dela etc e tal. 

Nem todo mundo aprende com seus erros

  • Postada em: 14/04/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Pouco mais de um mês depois de ter ido às ruas, em 15 de março, protestar contra a corrupção que veio à tona principalmente com a operação Lava-Jato, que está em sua 11ª fase, brasileiros de todas as regiões do país voltaram a fazer manifestação no domingo, 12 de abril, pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, pela reforma política, mas pouco ou quase nada se ouviu em favor da Petrobras, como o pseudoapoio ensaiado por manifestantes pagos por organizações controladas pelo PT tentaram fazer em 13 de março. 

Novo protesto vai ser no domingo, dia 12

  • Postada em: 7/04/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

No próximo domingo, dia 12 de abril, brasileiros insatisfeitos com o atual governo devem sair às ruas para protestar contra a situação do país, manifestar seu desagrado contra a corrupção que grassa na administração pública e envolve até a estatal do petróleo, além de pedir, novamente, o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Estuprou, roubou celular, mas a selfie o entregou

  • Postada em: 28/03/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Janeiro é um mês de muita chuva em Manaus e aquela segunda sexta-feira de 2015, dia 9, choveu forte desde a tarde na cidade, mas Alex Granito, que preferia ser chamado de Lindão, estava sem grana, liso, sem nenhum no bolso e queria tomar umas geladas à noite com os amigos, que já o haviam convidado. 

Descendo a avenida 7 de Setembro, deu uma olhada para o residencial Prosamim e resolveu dar uma volta por lá, apesar da chuva, agora fina, que caia no fim da tarde, quase noite. 

Vaso vira arma e mata... um par de chifres

  • Postada em: 22/03/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Naquele 19 de fevereiro de 2015, dois dias depois do Carnaval, os jornais de Manaus noticiavam dois assassinatos os quais, ao contrário dos que acontecem nos Estados Unidos, que são em série, por aqui eles são fora de série.

Se o motivo e causa de um dos assassinatos são contumazes, reincidentes, isto é, briga por causa de mulher, o mesmo não se pode dizer das “armas” usadas pelos assassinos para acabar com a vida humana. Tudo por causa de um par de chifres recém-plantados.

Se for namorar, não beba

  • Postada em: 19/03/2015
  • Autor: Eustáquio Libório

Os dois bebiam e, às sextas-feiras, era sagrada a rodada de amigos para tomar umas geladas, bater um papo e, obviamente, namorar, como o fazem os jovens e aqueles nem tanto. 

Namorar é coisa séria e a seriedade pode ser avaliada pelas consequências que podem resultar desse tipo de relacionamento. Há algumas décadas, o namoro quase sempre terminava no altar, a menos que um dos dois encontrasse outro par, então começava tudo do zero. 

Páginas