Falta de troco agora tem solução digital

  • Postada em: 28/11/2018
  • Autor: Eustáquio Libório
Feira do Polo Digital de Manaus - Foto: Juliana Alice

Desde a terça-feira, 27, a cidade é a capital digital da Amazônia com a realização, no Studio 5 Centro de Convenções, zona Sul, da 1ª Feira do Polo Digital de Manaus, que abrange expositores de tecnologias e produtos digitais, incluindo empresas, institutos de pesquisas, universidades e instituições como a Superintendência da Zona da Zona Franca de Manaus (Suframa). Uma das tecnologias apresentadas é o aplicativo Trocados, que dá solução à falta de troco em Manaus.

A programação de palestras foi aberta pelo futuro ministro do governo Jair Bolsonaro, o astronauta Marcos Cesar Pontes, que, no fim da manhã do dia 27, abordou o tema ‘É possível!”, com as dependências do salão nobre do Studio 5 lotadas por expectadores bem antes de ter início a palestra, por volta de meio-dia.
Além do cardápio variado de palestras, os expositores presentes ao evento também não ficam a dever no que diz respeito às múltiplas abordagens de produtos e tecnologias exibidas aos visitantes.

No campo de aplicativos para telefones celulares, chama a atenção aquele desenvolvido para receber um artigo em falta na cidade: troco. Com o app Trocados, já disponível para a plataforma Android e também na web, no site www.trocados.com.br A utilização do app, grátis para o usuário, se dá através de sites parceiros que creditam pequenos valores, via Trocados, na conta individual do usuário pelo smartphone cadastrado.

De acordo com Silvestre, um dos responsáveis pelo estande da Trocados, o app já conta com parceiros que vão desde supermercados, drogarias, mercearias, entre outros, assim como informou que os créditos gerados já podem ser utilizados para fazer pagamentos a operadoras de telefonia, adquirir créditos para passagem de ônibus, via Passa Fácil, Uber, além de outras parcerias já firmadas. A Trocados é resultado do programa da Incubadora UniNorte Empreende e conta com o apoio da Fapeam.

Estas iniciativas passam também por aquelas voltadas para a economia circular, conhecida também como logística reversa, e que buscam proporcionar a reciclagem de materiais por meio da coleta remunerada de resíduos sólidos, como a proposta pela Residuum (www.residuum.com.br), que já atende empresas manauaras colocando em contato quem demanda o serviço com os eventuais prestadores de serviço.

Foto: Juliana Alice

Categoria: